Oi, gente, mas oi mesmo! Tudo bem? Há alguns dias, esteve no colégios que trabalho o “Grupo VEM” que impressionou os alunos. O autor do projeto Jean Carlos Rosa ministrou palestra contra as drogas que foi um choque de realidade.

Outros temas como aborto, família, presídio, estudos, dentre outros também foram abordados. Jean é duro coma as palavras e de uma forma clara expoem as consequências que escolhas erradas trazem.

Ele relatou casos lastimáveis de meninos e meninas que não escutaram a família, o estado e decidiram ouvir traficantes. O final deles é triste, muitos alunos se comoveram com as histórias.

Infelizmente, o número de usuários só aumenta no Brasil e o pior, existem pessoas a favor da liberação das drogas.

Doando seu sangue

Jean é professor, contudo largou a profissão para dedicar-se ao projeto. Tudo começou quando era adolescente, isso há 24 anos, ainda quando era aluno.

Além da palestra, Jean também apresenta um teatro, o qual durante a encenação fura seu braço e deixa jorrar sangue. É um negócio louco, só quem assisti sabe o quanto é forte.

Tudo isso voluntariamente, pois o grupo não tem financiamento e vive de doações. “Eu faço isso por amor, tento resgatar o amor que está dentro das pessoas. Há várias lágrimas durante a apresentação”, disse.

Lutando pela vida

Perguntei ao Jean o que o motivava? Ele me mandou um depoimento de uma menina que desistiu de suicidar-se após assistir à apresentação.

“Salvar uma menina de um suicídio, um feto que ia ser abortado, um jovem a deixar de usar drogas, isso é a minha motivação,” afirmou.

Jean é de Brasília, mas tem viajado por vários estados a convite de prefeitos e escolas. Ele já visitou 2.500 escolas em oito estados. Em Goiás esteve em 245 municípios.

No momento, o projeto tem dois grupos um em Goiás e outro em Santa Catarina. Além das apresentações, o grupo também visita famílias e clínicas, gratuitamente.

Me emocionei

Durante a apresentação, eu chorei e fiquei com o coração apertado de ouvir histórias infelizes de pessoas que envolveram-se com as drogas. Como professora vejo o quanto é importante o trabalho do grupo.

Nossos alunos precisam de informação sobre a Aids, porque ela existe; sobre o aborto, que é doloroso no corpo e na alma; que a droga vícia e traz prejuízos para a vida, e que o estudo e o amor pela família é o melhor caminho para o jovem.

Agradeço ao Jean pelo bem que ele tem feito aos alunos e a sociedade. Se você quiser conhecer mais e ajudar o grupo entre em contato pelo telefone: 99369 9331, Instagram Grupo VEMFacebook Grupo VEM

E aí gostou do trabalho do grupo VEM? Me conta aqui nos comentários.

Obrigada por acompanhar o blog.

Um beijo e até o próximo post.

Leia também:

Me siga nas redes sociais:

Anúncios