Eu pensei que o tempo passava mais devagar

WhatsApp Image 2017-07-07 at 19.00.56Oi gente, mas Oi Mesmo!!! Tudo bem? Essa semana o post é meio reflexivo, vocês sabem como é, uma ruga aqui, outra ali e a gente começa as conjecturas: “Como será quando eu for mais velha?” Para entender a 3° idade, bati um papo com a minha avó. Perguntei tudo, e ela respondeu com aquele sorriso maroto, de quem já entende mais da vida.

Passo a apresentar-lhes dona Maria da Penha Almeida Chaves, baiana de nascença e goiana de coração. Uma senhora de 70 anos, viúva, aposentada, mãe de três filhos, avó de três netas e bisavó de cinco bisnetos. Essa moreninha já viveu muita coisa e pode nos ajudar com sua experiência.

Um pouco de prosa

Com a chegada da idade o que aprendeu? Tinha a ilusão em adquirir vários bens materiais. Quando a gente é mais nova, tem muita ambição. Corre de um lado para o outro. Acha que não tem fim, mas não é assim.

Qual foi a maior surpresa que a idade trouxe? Com certeza foi ver a terceira geração da minha família. Eu não pensava olhar meus netos e bisnetos. Deus tem me dado vida.

Qual é a diferença da Penha de hoje para a de 40 anos atrás? Os gostos mudaram. Dava muito valor em sair, namorar, estas coisas. Hoje, o mais importante para mim é a minha família e Deus.

Sobre os filhos, o que aprendeu? Quando era mais nova, queria deixar casa, riqueza para eles, mas a maior riqueza que um pai pode dar é a educação. Senão a pessoa não cresce, não anda com as próprias pernas.

Se pudesse voltar atrás? Queria ter estudado. Fui doméstica. Trabalhava na casa dos outros. O estudo teria me proporcionado um trabalho mais leve.

Quais as mudanças no físico? O corpo não é mais o mesmo, não reage como antigamente. Hoje, ando devagar, sem muito equilíbrio e tenho medo de cair; Não tenho tanta força para trabalhar e minha mente está fraca.

O que tem sido ruim? Ficar sozinha e doente. O que tem sido bom? Estou mais sabia e sinto que sou mais amada.

Dois conselhos? Primeiro, não seja ambicioso, orgulhoso, metido. Não deseje o mal, nem trate os outros mal. Somos todos iguais. Segundo, sofra menos e chore menos. As pessoas destroem a vida preocupadas demais com as coisas deste mundo, não compensa.

14316720_297591470614200_5669327670934435782_n

Costumo brincar que velho não vive, faz hora extra, rsrsrs

O tempo não para

O que aprendi nessa conversa é que o tempo passa rápido demais. Eu pensei que fosse mais devagar. Daí me lembro da música do Legião Urbana que diz 🎶E a cada hora que passa, envelhecemos dez semanas. Vamos lá tudo bem eu só quero me divertir… 🎶 E de José Saramago que aconselha “Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo”. Espero que tenha gostado do post de hoje. Até o próximo.

16901686_1265777603504586_1222479330_n

Vó te amo, obrigada por participar deste post

Obrigada por acompanhar o Blog.

Beijos!!!

Você também vai gostar de Mães são anjos de resgate e Uma breve reflexão – As pessoas sempre têm algo a ensinar

Se você GOSTOU COMPARTILHE o post e me siga nas REDES SOCIAIS:

Facebook Danielly ChavesInstagram Danielly ChavesTwitter Danielly Chaves

Anúncios

25 comentários sobre “Eu pensei que o tempo passava mais devagar

  1. Nós podemos aprender muito e errar menos se escutamos os concelhos de quem já viveu mais do que nós. Realmente a gente perde muito tempo com coisas que nao valem a pena. Vamos aproveitar melhor nosso tempo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s