A alegria e tristeza de uma família

Esses dias entre uma matéria e outra, no interior de Goiás, no banco de uma pracinha, comecei a conversar com uma senhorinha muito gentil.

Ela me contou que era evangélica, professora aposentada, viúva, amiga do prefeito, rsrsrs, que tinha dois filhos pastores e muitos netinhos.

Imaginei: que sortuda! A senhorinha tem uma família estruturada, uma vida perfeita, completa!

Todavia, com um pouco mais de conversa, descobri que seus filhos já lhe deram muito trabalho. Um deles drogava-se e o outro era agnóstico e cada dia estava com uma mulher.

O rapaz que usava drogas quase morreu e já tinha feito de tudo, menos roubado para alimentar o vício.

A minha nova amiga me disse que foram vários anos de sofrimento e oração. A cada telefonema, ela temia que fossem notícias de alguma tragédia, envolvendo seus meninos.

Ela mora no interior e os filhos na capital. Depois de mais de 30 anos, orando pela libertação deles, seu milagre veio em abundância, pois eles não mudaram de vida apenas, mas tornaram-se pastores.

Às vezes, nós olhamos para a vida dos outros e achamos mil maravilhas, mas não sabemos que por detrás das vitórias existem grandes lutas.

Fiquei aliviada, por saber que não sou a única, a passar por problemas. Contudo, acredito em finais felizes como daquela senhorinha.

Obrigada querida por compartilhar sua vida comigo, ela me ensinou bastante!

Anúncios

Um comentário sobre “A alegria e tristeza de uma família

  1. Pingback: A alegria das auxiliares de serviço gerais | Danielly Chaves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s